ISSN versión impresa
1729-4827

 

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Preparação de trabalhos

Os trabalhos devem ser originais e inéditos. Estes podem ser pesquisas a empíricas ou teóricas. Os trabalhos propostos para publicação devem ser enviados ao Comitê Editorial: Av. Tomás Marsano 242, Lima–34, Peru; Email: liberabit@psicologia.usmp.edu Estes serão enviados em formato eletrônico (suporte digital ou correio eletrônico), com uma extensão não maior que 20 páginas, tamanho carta, duplo espaço, com margens de 3 x 3 cm a todos os lados.

A Revista publica artigos em espanhol, português e inglês.

A transcrição completa das normas pode ser localizada na página Web da revista Liberabit: www.revistaliberabit.com Para sua publicação, os trabalhos devem seguir, tanto na sua forma como no seu conteúdo, as normas estabelecidas pelo American Psychological Association (APA) em sua quinta edição.

Os trabalhos propostos serão avaliados, em forma anônima a “duplo-cego”, por árbitros pertencentes ao Comitê Científico da revista. As opiniões e os dados que figuram neste volume são responsabilidade dos autores. Se um trabalho for aceito para sua publicação, os direitos de impressão e reprodução por qualquer forma e meio são da revista. O Comitê Editorial da revista reserva-se o direito de realizar modificações formais aos artigos para adaptar o texto às normas da publicação.

Sistema de arbitragem dos artigos

Quando um artigo cumpre as formalidades indicadas é remetido para avaliação anonimamente, a dois árbitros membros do Comitê Científico da revista, ou seja, são revisados duplo-cego (os árbitros não conhecem a identidade dos autores e vice-versa) por dois membros do Comitê Científico, quem se deverá comunicar em um prazo não maior que 30 dias sobre a revisão do artigo.

O artigo tem três modalidades de avaliação:

  1. Está pronto para sua publicação

  2. Algumas modificações têm que ser realizadas

  3. Sua publicação não é recomendada.

Os colunistas podem perguntar em todo momento sobre o processo de arbitragem de seu respectivo artigo, e é o Comitê Editorial o encarregado de comunicar. O Corpo Editorial se comunica com os autores sobre a decisão dos árbitros, e em caso seja aceito o artigo para sua publicação, deverá atender as observações vertidas pelos juizes, se for necessário.

Os artigos já aceitos e publicados são remetidos aos colunistas para sua revisão, quem os devolverá acompanhados de uma carta de conformidade para a publicação no respectivo número da revista. Cada colunista receberá um exemplar impresso da revista.

Normas e estrutura geral dos trabalhos

Os trabalhos devem ter a seguinte estrutura geral:

  • Nome completo do autor e seu vínculo institucional, bem como seu endereço para correspondência e correio eletrônico.

  • Resumo, que não exceda as 150 palavras. Sugere-se que o resumo presente o objetivo principal do trabalho, do marco ou da perspectiva teórica, da metodologia e dos principais achados.

  • Palavras chave, com um mínimo de três e um máximo de seis, ordenadas alfabeticamente.

  • Texto, ou corpo do artigo que compreenderá a introdução, o método e resultados (se é pesquisa empírica), discussão e conclusões.

  • Referências

O título, o resumo e as palavras chave se devem apresentar na língua original e tradução ao inglês.

Citações de referência no texto

A maneira de exemplo detalha-se algumas formas de citar por autor (a), o qual permite ao leitor uma visibilidade das referências ao final do texto. Tanto as citações no texto como as referências ao final do mesmo, devem ser efetuadas de acordo com as normas do American Psychological Association (APA).

1. Obra com um só autor

  • Em um artigo de 1990, Esquivel explora algumas características do comportamento humano….

  • Dentro das características do comportamento humano (Esquivel, 1990) ….

  • Esquivel (1990) expressa que as características do comportamento humano….

2. Obra com autores múltiplos

  • Quando um trabalho tiver dois autores, cada vez que a referência ocorre no texto se deverá citar a ambos.

  • Quando um trabalho tiver de três a mais autores, todos são citados na primeira vez que ocorre a referência no texto. Nas seguintes consultas do mesmo trabalho, apenas citar o sobrenome do primeiro autor, seguido da frase et al. e o ano de publicação: Exemplo: Melgarejo, Redecilla e Martinez (2007) manifestaram que…. (primeira cita no texto) Melgarejo et al. (2007) expressaram que…. (seguintes consultas no texto)

Referências ao final do texto

1. Livros

  • Quando for de um só autor:
    Ballesteros, S. (1999). Procesos psicológicos básicos. Madrid, España: Paidós.

  • Quando for de dois a mais autores:
    Froufe, M. & Ellis, C. (2005). El inconsciente cognitivo. Madrid: Biblioteca Nueva.

2. Revistas profissionais (journals)

  • Ballesteros, S. (1999). Memoria implícita y memoria explícita intramodal e intermodal. Psicothema, 11, 123 – 139.

3. Artigo publicado na internet

4. Moreno, J. (2005). Maltrato infantil: un estudio sobre la familia, la red de apoyo social y las relaciones de pareja. Recuperado el 15 de mayo, 2008, de
http://www.psiquiatria.com/articulos/trastornos_infantiles/22714/

 

 

[Home] [Sobre nós] [Corpo editorial] [Subscrição]


© 2009  Universidad de San Martín de Porres. Facultad de Ciencias de la Comunicación, Turismo y Psicología

Av. Tomás Marsano Nº 242, Surquillo
Lima - Perú
Telf.: (51-1) 513-6300


liberabit@psicologia.usmp.edu.pe